Como consegui diminuir o acesso dos meus filhos ao celular

Categorias: Comportamento Mães

Eu sempre ouço algumas mães comentando que não sabem mais o que fazer para que o filho sai do celular. Quando comento que os meus filhos quase não assistem TV e não usam nada de eletrônicos de segunda à quinta. É bem comum me perguntarem como consegui diminuir o acesso dos meus filhos ao celular.

Aqui em casa todos os papeis são bem definidos e a autoridade somos nós, os adultos. Meus filhos percebem e respeitam isso sem grandes dificuldades. Isso vale para tudo, desde a organização, as regras da casa e os combinados feitos entre nós.

Desde que mudamos para Curitiba, temos vivido uma nova rotina, sem ajuda com a casa, sem dinheiro para comer fora o tempo todo e um período semi-integral na escola.

Pedro é um menino de hábitos noturnos, que se deixar, vira a madrugada feliz da vida assim como eu. Olivia, curte dormir assim que o sono bate e acorda assil que percebe que o sol raiou. Equilibrar a hora de dormir de crianças tão diferentes sempre foi nosso desafio, mas temos encontrado equilíbrio.

Depois de um tempo tentando me acertar com os horários da noite, percebi que passar tempo na TV ou no celular atrasava toda a nossa rotina e todo mundo ia dormir muito tarde. Comecei pelo combinado do celular. Eles poderiam assistir, jogar e brincar com ele sexta, sábado e domingo, mas com tempo controlado.

Obviamente eles migraram para a TV, mas não reclamaram quando começamos a diminuir o tempo e passamos a assistir o jornal em família ou enquanto assistíamos, eles desenhavam ou brincavam.

Foi assim, de forma coerente e tranquila que retiramos as telas durante a semana e percebemos uma melhora no sono e ganhamos muitas risadas e brincadeiras dos dois juntos.

Eu sei que o celular é a melhor babá que existe, sei que muitas vezes a gente chega em casa exausta querendo silêncio um tempo só nosso, mas depois que a gente tem filhos, isso é algo raro. Sim, eles precisam de tempo de qualidade, em quantidade e de companhia para brincar, desenhar ou ler um livro.

Nada tem sido mais desafiador do que eu me organizar de verdade para deixar o celular de lado. Me desconectar do virtual e me conectar ao real com mais frequência!

Como anda o uso do celular por aí?

Deixe seu comentário