Os filhos e o casamento

Categorias: Comportamento Mães

casal brigadoAo longo da vida já encontrei muita mulher que optou por ter filho achando que seria a melhor solução para salvar seu casamento arruinado. Assim como encontrei algumas que nunca desejaram casar ou ter filhos para não estragar o relacionamento.

A vida com filhos é mais gostosa? Sim para algumas mães é, mas para outras acaba se tornando cansativa, corrida e às vezes até insana. O dia a dia com crianças é completamente diferente. Sem filhos, tudo é mais fácil, rápido e só depende de nós. Com filho o horário não é o seu, a fome não é a sua, o sono então nem se fale.

Parece que assim que recebemos o tão esperado “positivo” nos tornamos mãe, as prioridades mudam, os sonhos também, mas e o marido? Será que ele consegue acompanhar todas essas mudanças?

Se pararmos para pensar que muitos pais, só começam a se relacionar de fato com os filhos depois de 6 meses do seu nascimento, dá para ter uma idéia de que o homem não absorve a paternidade como nós absorvemos e entendemos a maternidade.

Enquanto estamos nos conhecendo como mães, conhecendo nosso bebê que acaba de chegar, existe um marido tentando reconhecer a mulher com quem ele casou, por quem ele se apaixonou e que tinha muito tempo disponível para o casal.

Durante algum tempo o lado mulher parece ficar adormecido para dar lugar ao lado mãe, como se conciliar os dois logo no início da maternidade não fosse possível, e às vezes não é mesmo. Neste momento a mãe que ali existe procura um pai que talvez ainda não tenha se encontrado, e o marido procura a mulher que por alguns instantes deixou de existir.

Como equilibrar essas mudanças? Como fazer o marido encontrar a mulher e a mãe encontrar o pai? Muitas vezes esses conflitos e desencontros desgastam o relacionamento, causando algumas cicatrizes ou mágoas que parecem incuráveis.

Talvez uma boa noite de sono, um bom vinho ou um abraço possam ajudar a cicatrizar aquilo que feriu o outro…

…talvez.

Deixe seu comentário