Não tenha filhos se não tiver certeza sobre isso

Categorias: Comportamento Mães
Vivemos num mundo cruel, cheio de desigualdade social, guerra e catástrofes naturais o tempo todo. Vemos milhares de crianças passando necessidade, não só de comida, água e vestimenta, mas necessidade de amor, de cuidado, de qualidade de tempo, atenção, colo e tudo o que envolve o dia a dia de uma criança saudável física e psicologicamente.
É fato que o amor não é medido pelo dinheiro, pelo conforto e pelos bens materiais que se tem, mas também sabemos que para cuidar de uma criança de maneira adequada é preciso algum tipo de recurso financeiro, isso se ela for sempre saudável, se ela tiver qualquer problema de saúde, dificilmente poderá se contar com o SUS, já que a saúde brasileira é pra lá de vergonhosa.
Não bastassem todos os perrengues que é criar um filho dentro de um contexto equilibrado de vida, nos deparamos com as mulheres que tem filhos por diversos motivos, menos por amor ou vocação.
Me deparo diariamente com as marcas que o abandono, o descuido, a falta de amor e maturidade causam em uma criança que sequer é capaz de entender porque é deixada para trás. Tento entender o que leva uma mãe a ter filhos e não alimentá-los mesmo podendo, não dar amor e carinho mesmo tendo tempo disponível. O que leva uma mãe a ser mãe, sem querer ser?
Não tenha filhos, as mulheres que estão apaixonadas e tem a certeza de que uma criança é capaz de fazer perdurar um relacionamento, mantê-lo feliz e inabalável.
Não tenha filhos, as mulheres que vêem seu casamento desandar e tem a certeza de que uma criança é capaz de salvá-lo.
Não tenha filhos, àquelas que não tem a menor consciência e maturidade para cuidar de um ser tão indefeso e tão dependente de uma mãe.
Não tenha filhos se não puder dedicar sua vida, suas madrugadas, seu salário aos seus.
Não tenha filhos achando que a vida será mais completa e repleta de coisas boas, porque se não houver amor e consciência não será felicidade, será transtorno.
Não tenha filhos se não tiver certeza de que está preparada, muito embora ninguém sabe se está pronta ou não antes do filho nascer.
Não tenha filhos só porque a sociedade valoriza a tradicional família composta por pai, mãe, crianças e um cachorro.
Não tenha filhos porque sua mãe quer ser avó, seu marido quer ser pai, sua amiga quer ser tia.
Tenha filhos por amor, por desejo, por vocação, por paixão, por dedicação, por querer conhecer o verdadeiro e único amor incondicional.
Se não quiser ser mãe, tudo bem também. Seja apenas filha e seja feliz com a sua escolha pura e somente sua.
Crianças precisam ser amadas, cuidadas, desejadas, sentir-se seguras e confortadas por àqueles de quem dependem integralmente.
Amemos mais, cuidemos mais, dediquemo-nos mais. Deixemos de lado os sonhos e as ilusões de que a vida só é melhor com filhos, o que eles são moeda de troca. Isso não é amor, é doença.

1 comentário

  1. Avatar
    Caroll Maturana disse: em 05.05.2015

    Perfeito!!
    Concordo com tudo e vejo tantas mulheres que têm filhos para maltratar ou para deixar os outros cuidarem, que me pergunto por que Deus permite que isso aconteça.
    E o pior de tudo é ver mãe maltratando filho para punir o pai, ou pai maltratando o filho para punir a mãe. Tantas notícias tristes que não gosto nem de ler!
    Adorei o post Gabriela!
    Melhoras para seus pequenos! A minha também está com o nariz entupido e não está dormindo bem!
    Beijo grande!!

    http://www.dicamaterna.blogspot.com

Deixe seu comentário