O comportamento dos pais refletido no comportamento do filho!

Categorias: Sem categoria
Num fim de semana qualquer, eu e meu marido começamos a discutir sobre determinado assunto, que já nem me lembro qual era e talvez nem fosse importante. No meio da conversa o tom foi esquentando e sem perceber começamos a falar mais alto, coisa que raramente acontece aqui em casa. Meu filho que estava brincando tranqüilamente, mostrou como pôde que estava ficando incomodado. A medida que a conversa se intensificava, os gritinhos e sons produzidos por ele iam aumentando, até que começou a gritar mais alto e percebemos. Paramos no mesmo momento para entender o que estava acontecendo. Paramos de falar e o Pedro parou de reclamar. Ficou claro pra gente, que ele estava incomodado com aquela situação. Depois deste episódio, qualquer conversa mais tensa, só acontece quando o Pedro está dormindo ou não está por perto.

Acho que por isso o “fique calma, tranqüila, descanse, não se irrite, se cuide” fazem parte das recomendações dadas pelo obstetra, pediatra, amigos e quem mais fale com a gente. O ambiente em que o bebê está inserido, colabora e muito, para o seu comportamento!

Embora o amor pelos filhos comece na gestação, é no dia a dia que este vinculo se fortalece. Quando a gente pensa que não cabe mais amor no peito, percebemos que ele aumenta um pouquinho mais a cada dia. Acredito que seja assim com o filhos também. Mesmo que eles se sintam seguros ao ouvir a voz familiar da mãe, reconhecem seu cheiro e o seu cuidado, o amor acontece com o passar do tempo. Acho até que existe uma transição de sentimento, de dependência, para segurança e que aos poucos se transforma em amor.

Nada mais bonito do que um olhar sincero e um amor puro demonstrado pelos filhos desde tão pequeninos. Nada mais inspirador do que reconhecer nos seus, a relação de carinho que alimenta o dia a dia.

Devemos entender que somos responsáveis, não só pela educação e crescimento dos nossos filhos, mas também pela formação de seus valores e de seu caráter. Quando o exemplo é dado em casa, há grandes chances de sucesso nesta longa caminhada que é a educação dos filhos!

Termo batido mas válido: QUEM AMA EDUCA =)

Deixe seu comentário