Cuidar de uma criança é papel dos pais – sobre a escola “faz-tudo”

Categorias: Desabafo Mães

Cuidar de uma criança é papel dos pais ou avós ou tutores em determinados casos. Acabei de ler sobre uma escola “faz-tudo” que conta sobre os serviços oferecidos, como forma de garantir tempo de qualidade entre pais e filhos.

Se você acha que a escola precisa cortar o cabelo do seu filho para que você tenha mais tempo com ele, talvez você não tenha entendido o seu papel como mãe, ou não tenha entendido o que significa a maternidade.

Juro, eu fiquei CHOCADA e muitas outras pessoas ficaram, mas sim, deve ter gente a rodo ligando para matricular o pobre filho nesta escola. Vergonha alheia é o que sinto.

Deixa eu contar uma coisa: na maternidade nem tudo são flores, na verdade quase tudo é um grande caos, onde passamos a maior parte do tempo esgotadas física e emocionalmente. Hoje eu entendo perfeitamente gente que decidiu não ter filho por falta de tempo ou paciência. Eu mesma cheguei a repensar a maternidade por diversas vezes, mas depois de passada a tempestade, entendi o meu papel como mãe e ressignifiquei minha vida através dos filhos e do amor compreendido.

Toda criança precisa de cuidado e quando falo de cuidado, não me refiro somente ao cuidado de determinadas atividades, como cortar o cabelo (serviço oferecido pela tal escola), mas cuidado emocional, cuidado familiar. Não se atenha apenas a pai e mãe, mas pessoas com laços afetivos efetivamente. Por mais que a babá do seu filho ame cuidar dele, não é ela quem deve ser sua referência de afeto, cuidado e amor. Este papel é seu!

Ter filho exige um bocado de coisas, dentre elas tempo, tempo de qualidade e tempo de qualidade para ser efetivo, também demanda quantidade. Se você acha que 1 hora por dia é suficiente com seu filho, talvez esteja na hora de repensar sua maternidade/paternidade.

Ter filho exige maturidade, paciência e principalmente o entendimento sobre o quanto a presença constante do pai e da mãe (ou o responsável que não a babá) é importante e indispensável.

Se você não tem tempo para nada, acha muito bom passar 12 a 14 horas no trabalho e não quer mudar em nada a sua vida: NÃO TENHA FILHOS!

Cuidar de uma criança é papel dos pais, cuidar todos os dias, cuidar com tempo, cuidar com amor, paciência e atenção. Crianças não precisam de escolas milionárias, nem grandes presentes, crianças precisam de atenção, de colo, de beijo, abraço, carinho e afago. Criança precisa ser amada na sua essência e não, a babá do seu filho não deve fazer este papel.

Eu não sou contra babá, escola integral, empregada de segunda a segunda. Felizes àquelas que podem contar com ajuda. Mas lembre-se, quando seu filho estiver doente, é você quem ele deseja ter por perto. Quando seu filho se ferir, é do seu colo que ele precisará. Quando filho passar por um momento difícil, é do seu abraço que ele vai precisar.

Se você não está preparado para ter filhos (na verdade ninguém realmente está) e também não sabe muito bem se é isso que você quer, não tenha filhos, pense melhor primeiro. Cuidar de uma criança é papel dos pais e nada neste mundo contemporâneo, deu conta de substituir pai e mãe.

Assinado: Eu, a mãe que há pouco tempo atrás só queria saber de trabalhar, ganhar muito dinheiro e comprar muitas coisas, inclusive comida porque sequer sabia fazer arroz. Essa mesma pessoa que abriu mão da carreira, lava louça com frequência, troca várias fraldas ao dia, cozinha várias coisas bacanas para os filhos. Porque sim, a maternidade transforma a gente, mas a gente precisa se deixar transformar!

Deixe seu comentário