Primeiros indícios de cárie

Categorias: Odontologia Saúde

Você sabia que os primeiros indícios de cárie, são manchinhas brancas no esmalte do dente? É comum que apareçam, mesmo naqueles dentinhos que parecem tão bem escovados. Acontece que a escovação muitas vezes não é eficiente como pensamos e a placa bacteriana acumulada, é um prato cheio para a cárie dar seus primeiros sinais.

A regularidade nas consultas preventivas, são fundamentais para que o dentista possa avaliar os dentes e se há manchas brancas ativas. As ativas são aquelas que apareceram, não foram tratadas e por isso, caminham para uma perfuração de esmalte. Quando isso acontece, é preciso restaurar o dente. Antes disso é possível impedir que a cárie de fato se estabeleça.

Quando há manchas brancas, é feita uma aplicação de flúor específica, que ajuda a neutralizar a evolução desta mancha para uma cárie. Em determinados casos, o retorno de consulta para acompanhamento, é menor que o habitual. O controle e avaliação do dentista é super importante, até que essas manchas de fato sejam apenas manchas inofensivas.

Pesquisas apontam que, 4 idas ao dentista por ano, reduzem em 79% o risco de cárie e é fácil de entender o motivo. É no consultório que recebemos as orientações adequadas, conhecemos os melhores tipos de escova de dentes e aprendemos como escovar de forma eficiente, os dentes das nossas crianças.

Aqui percebemos manchinhas brancas nos últimos dentinhos do Pedro, os molares e por isso suas consultas tiveram intervalo de 3 meses entre uma e outra. Ele adora escovar os dentes, mas como se mexe bastante, não conseguíamos limpar os últimos dentes de maneira eficiente.

Pedro adora doces e parece que tudo gruda nos dentinhos dele, por isso estamos sempre atentos à escovação. À noite, deixamos que ele escove os dentes sozinho, mas depois revisamos a escovação para garantir que os dentes tenham ficado limpos.

Crianças até 7 ou 8 anos de idade, precisam de supervisão e ajuda, pois ainda não possuem coordenação motora e cuidado suficiente para uma escovação 100%.

As consultas de prevenção tanto em crianças como em adultos, devem ser feitas de 6 em 6 meses ou em intervalo menor, quando o dentista achar necessário.

Leia sobre quando levar o filho ao dentista

Este post, foi baseado em informações recebidas nas consultas de prevenção do Pedro e da Olivia com a Dra. Viviane Cabral – Odontopediatra.

Seu consultório:

Avenida Vereador José Diniz, 3.300 – cj 101

Telefone: 011 2362.6266

Facebook e Instagram

1 comentário

  1. Jully disse: em 03.04.2017

    Excelentes dicas, como mãe a gente tem que estar o tempo todo ligada na saúde de nossas crianças.

Deixe seu comentário