Carnaval com e sem filhos

Categorias: Depoimentos Mães

Eu nunca fui das mais festeiras, nem curti muito carnavais que não fossem próximos de casa e que pudesse voltar a hora que bem entendesse. Depois que eu virei mãe, alguma coisas mudaram ainda mais. Confira aqui o carnaval com e sem filhos.

Acredito que muitas de vocês irão se identificar!

Sem filhos: Viagens com amigos, na sexta-feira pré carnaval, com aquele engarrafamento na estrada e muita festa.

Com filhos: Viagens planejadas nos mínimos detalhes, na contramão do trânsito, quinta-feira de madrugada ou no fim do dia de sábado, afinal um dia a mais ou a menos não fará muita diferença.

Sem filhos: Roupas decotadas, enfeitadas, um belo salto alto e uma maquiagem digna de globeleza.

Com filhos: Uma roupa que não fique indecente para sentar e levantar mil vezes, um chinelo havaianas, cabelo amarrado e óculos escuro.

Sem Filhos: Trio elétrico, uma bebida bacana e um grupo de amigos animado para ficar na rua até de madrugada.

Com filhos: Bloquinho para crianças, com marchinhas de carnaval, um pouco de sombra, que dure no máximo 2 horas e tenha água para vender.

Sem filhos: No dia em que fica em casa, passa a madrugada assistindo aos desfiles, grupos de acesso e se possível, acompanha a votação no último dia.

Com filhos: Liga o jornal para saber como está o carnaval, quem é a favorita. Volta dois dias depois para conferir quem ganhou.

Sem filhos: Cria aquela fantasia bacana, se conseguir, desfila em alguma escola de samba ou se veste a caráter para aquele bloco animado.

Com filhos: Compra fantasia na loja de criança, tira mil fotos do filho indo pra festa da escola e se dá por satisfeita. (Eu, muito eu)!

Sem filhos: Escolher o melhor destino de viagem para o carnaval e ter certeza de que terá festa todos os dia do feriado.

Com filhos: Ficar em casa, descansar e aproveitar a cidade vazia e sem trânsito.

Tem muita gente que se mantém festeira, com a máxima disposição para carnaval, festas e afins. Definitivamente, eu não sou essa pessoa, risos.

Delícia também é poder viajar sem filhos!

Deixe seu comentário