Confissões de uma mãe cansada

Categorias: Desabafo Mães

Cansaço é o sentimento da maioria das mães, sejam elas sozinhas, casadas, com ajudante ou sem em casa. Acontece que em muitos momentos da nossa vida, precisamos de um tempo de descanso. Mais da cabeça do que do corpo efetivamente. Eu sou uma mãe cansada, ou melhor, eu estou cansada.

mãe cansadaConfissões de uma mãe cansada. Aqui estão as minhas:

• Já inventei desculpas para não descer no parquinho do condomínio porque não queria ficar correndo atrás dos filhos.

• Já deixei de ir em festas de aniversário, porque não consegui me organizar a tempo de comprar presente, arrumar duas crianças e chegar na festa antes do parabéns.

• Já deixei meus filhos no celular mais tempo do que gostaria, para poder tomar um banho sem gritos e choros do lado de fora.

• Deixei que eles comessem besteiras na hora do jantar só para que eu tivesse um pouco mais de tempo para preparar uma comida bacana.

• Já deixei o filho dormir de uniforme, só para não correr o risco dele despertar e ficar acordado até tarde.

• Já deixei um dos filhos sem o segundo banho banho do dia, só para não ter que travar uma guerra e me sentir derrotada.

• Já briguei com meus filhos depois de horas sendo solicitada enquanto eu tentava trabalhar uns minutos e me arrependi profundamente.

• Já ofereci só purê no jantar porque não estava a fim de jogar todo o resto que seria recusado no lixo.

• Já fingi que não ouvi o bebê chorar só pro marido levantar da cama e resolver a questão.

• Já deixei meu filho uma semana na casa da vovó para que eu pudesse dormir um pouco.

• Já saí escondida para não ter que aguentar o choro enquanto eu tentava explicar que voltaria logo.

• Já mandei meu filho para a escola, mesmo quando ele raramente pediu para ficar em casa, só para eu poder ficar uns minutos em silêncio.

• Já me tranquei no quarto e fiz de conta que não estava em casa, só para poder trabalhar melhor.

• Já passei o dia todo na rua, só para não ter que vivenciar a rotina insana de uma casa com 4 crianças.

• Já saí para almoçar fora, só para conseguir comer uma comida quentinha e sem bagunça na mesa.

• Desmamei minha filha aos 11 meses, porque eu estava enlouquecendo com a privação do sono.

• Já implorei a vinda da minha mãe várias vezes.

• Já chorei de cansaço e desejei estar em outro lugar algumas vezes.

• Já pensei em como seria minha vida aos 35 sem filhos.

• Já briguei sem necessidade por eu estava exausta e fora de mim.

• Cheguei a pedir para dormir no PS quando precisei de atendimento e fui liberada na sequência (eu estava tão acabada que o médico me deixou na maca por mais duas horas).

Eu já fiz tantas coisas dessas e me culpei por muito tempo. Hoje olho pra isso e penso que sou só mais uma dessas mães esgotadas, que mesmo tendo a sorte de poder contar com a ajuda de alguém todo dia em casa, parece não descansar nunca.

A verdade é que muitas de nós não estava realmente preparada para a maternidade. Aquela imagem linda de uma mãe amamentando feliz, sorrindo, de cabelos escovados e pele de pêssego não é a vida real de 99% da mães. Eu desejei muito ter filhos, eles são a melhor coisa que Deus poderia me dar, mas nem de longe eu estava para todos os perrengues pelos quais passei.

Eu já chorei de cansaço, eu já perdi a paciência, já me arrependi de certas coisas, mas também já fiz muita coisa boa pelos meus filhos, mas isso fica para o próximo post.

Confissões de uma mãe cansada, fale-me mais sobre isso!

É difícil ser uma boa mãe quando a gente está cansada.

2 comentários

  1. Jaqueline disse: em 26.11.2016

    Realmente é assim q nos sentimos. Além de fé para quem trabalha fora ter o sentimento de culpa. De que um dia poderemos nos arrepender

  2. Carla disse: em 30.11.2016

    Nossa, me indentifiquei com várias situações descritas por você !

Deixe seu comentário