Será que seu filho é mesmo alérgico?

Categorias: Alergia Alimentar Cuidados/Saúde Desenvolvimento Filhos Saúde

Estamos vivendo o auge das alergias, atualmente todo mundo é alérgico a alguma coisa. Mas será mesmo que é alergia?

Vejo sempre várias mães comentando no Blog o quanto seus filhos são alérgicos, o quanto fazem inúmeros tratamentos e não vêem melhora, mas quando pergunto sobre qual alergia, as respostas são vagas e os tratamentos quase sempre são propostos pelo pediatra que as acompanha porém sem nenhum exame específico. Parece um pouco de exagero, mas vai tudo na base do achismo.

Mamães, entendam que pediatras em sua maioria são médicos generalistas, que cuidam da parte de desenvolvimento das crianças, mas que quando tem algo fora da curva é preciso de uma ajuda especializada. Acontece que na maioria das vezes, os pais não sabem que o pediatra não dará conta do recado e acabam tratando algo às vezes imaginário e sem resultado. Além disso, temos também aqueles pediatras que se acham auto suficientes a ponto de não encaminhar seu paciente a um outro médico, retardando muito o tratamento correto e a melhora da criança.

Leia sobre: Pediatra Alergista

Um pouco da minha experiência (graças a Deus muito boa por parte dos médicos):

Há poucos dias Olivia passou 10 dias internada, teve uma infecção de ouvidos que mesmo depois de 40 dias de tratamento, não se resolveu. Aí você chega a pensar que algum médico ruim cuidou dela, pelo contrário. Os 3 médicos em quem mais confio a acompanharam: nossa pediatra que é também infecto, o otorrino que havia operado ela quando tinha apenas 9 meses e um pediatra alergista e imunologista. Como estávamos com a Olivia internada, pesquisamos várias possíveis alergias e imunodeficiências para entender o que estava causando todo esse quadro. O resultado veio negativo para todos os tipos de alergia que pudermos imaginar (exceto alimentar que não fizemos porque não havia indicação no momento) e por mais que tenhamos cuidados ambientais para garantir que ela fique bem, nada disso resolve a situação delicada em que estamos vivendo.  Os 3 caminharam juntos para descobrir através de um procedimento cirúrgico que a Olivia tem uma má formação congênita chamada Atresia de Coana, responsável por todo o processo infeccioso e a impossibilidade de um simples antibiótico combate-lo sozinho.  Contei rapidamente um pouquinho da nossa experiência porque se não tivéssemos investigado, poderíamos estar tratando ela como uma alérgica a muitas coisas e enchendo-a de medicamentos em vão.

Vejo muitas mães retirando o leite de vaca e apostando todas as fichas na melhora do filho, ou medicando com alguma vitamina na esperança de ver o filho melhorar sua imunidade e conseguir combater as infecções de repetição.

Postei também nas redes sociais, que tiramos o leite de vaca da mamadeira da Olivia (não fizemos restrição total) e substituímos por leite vegetal. Muitas mães me perguntam se ela é APLV, não a Olivia não é APLV, mas tem um problema de saúde sério e que pode ser amenizado com a diminuição de secreção nasal. Alguns estudos (não científicos) e outros tantos depoimentos, afirmam que o leite da vaca não deve ser ingerido por nós humanos, pois ele afeta o sistema imunológico e em alguns casos, aumenta a secreção nas vias aéreas. Como estamos sem muitas armas para lutar no momento, vamos de leite de inhame, amêndoa, avelã e o que mais for aceitável ao paladar da pequena.

Esta semana também vamos num pediatra homeopata que embora eu não acredite 100%, ando torcendo para que ele nos ajude.

Duas coisas das quais eu tenho a mais absoluta certeza mesmo nunca tendo estudado medicina. Se seu pediatra não é alergista ele não serve para tratar infecções atípicas ou severas. Se seu filho não melhora nunca, certamente o tratamento está errado e precisa ser reavaliado por um médico especialista. A outra (na verdade terceira) é: se seu filho tem otites, sinusites e amigdalites com freqüência, esqueça o alergista, procure um otorrino, é ele quem cuida dessas coisas. A maioria das mães que tratam os filhos como alérgicos, nunca foram a um otorrino com o filho e nunca fizeram testes de alergia. Simmmmmm, cabe ao pediatra orientar isso tudo, mas quem disse que o pediatra (a maioria) admite que precisa de ajuda? Gente, se eu pudesse colar aqui todos os depoimentos que recebo, algumas ou todas vocês iriam chorar.

Sempre que seu filho tiver infecções ou algo que saia do previsto, procure um especialista. Lembrem-se, a intuição materna vale mais do que qualquer exame, ok? Procure ajuda sempre!

12 comentários

  1. Luci Jane disse: em 16.05.2016

    Por favor. … Se possível. … comente qual o resultado vc teve só tirar o leite de vaca. Eu simplesmente não quero acreditar nisso pq sou uma bezerra mas sempre ouço dizer isso. Parabéns pelas iniciativas.

    1. Gabriela Gama respondeu: em 16.05.2016

      Luci, vou contar minha experiência pois o caso da Olivia é muito específico. Até o ano passado eu tomava cerca de 1,5 litros de leite ao dia. Em janeiro reduzi pela metade e em fevereiro tirei o leite com a ajuda de uma super nutricionista que criativamente alterou todo o meu cardápio. Eu parei de ter enxaquecas, dores de estômago e secreção nasal. Enquanto a Olivia esteve internada eu não tinha muita opção do que escolher e voltei ao bom e velho café. Cá estou, estufada, com dor de cabeça e com o nariz entupido.

      Acho que vale a tentativa.

  2. Rose Poli disse: em 16.05.2016

    Nossa Gabi… esse post caiu do ceu.. estou enfrentando um problema parecido com meu bb de 2 anos… Ele tem muitas infecçoes de ouvido.. garganta nem tanto… mas ouvido.. to ficando de cabelos brancos ja… Estamos investigando junto com otorrino.. Pois vive com infeccçoes respiratorias.. So esse mes precisou tomar antibioticos 2 vezes.. fora 1 por mes que toma.. Eu acho muito ne.. Ele e novinho… Tb estou fazendo tratamento homeopatico.. Mas esta sendo ao mesmo tempo..Otorrino, homeopata.. agora so faltou o alergista.. ufa.. Depois me fala onde consegui achar esses leites vegetais,, quero fazer a substituicao tb.. Vc ja sentiu resultados???? Ela gostou de algum.. Nunca experimentei… Olha parabens pelo blog.. sigo vc em todos os lugares.. adoro.. suas dicas sao otimas… Bjos

    1. Gabriela Gama respondeu: em 16.05.2016

      Rose veja na página ou no instagram o leite de inhame que é barato e facil de fazer em casa. Os comprados além de gosto ruim, custam uma fortuna!

      1. Rose Poli respondeu: em 18.05.2016

        Ah. Gabi vc substituiu todo leite de vaca… sentiu resultados.. ou ainda e muito cedo???? Legal Vou dar uma olhadinha sim…. Vdd comprei um vegetal de aveia.. ate que o gosto e bom eu gostei.. mas e carinho mesmo.. obrigada..

        1. Gabriela Gama respondeu: em 21.05.2016

          Rose, ainda não senti diferença, é preciso uns 30 dias para podermos perceber!

  3. Gabis Miranda disse: em 16.05.2016

    É preciso investigar muito e não acreditar no primeiro diagnóstico. Eu sou desconfiada por natureza. Hehehe

    Ainda bem que Olivia está bem agora.

    Bjs

  4. Michelle disse: em 16.05.2016

    Esse texto veio a calhar. Hj voltei da pneumologista com um monte de exames pra fazer no pequeno, um deles é o teste pra alergia. Ele está a um pouco mais de 30 dias com tosse e mto catarro. Levei ele ao otorrino também. Não é fácil!

  5. Adriana disse: em 16.05.2016

    Concordo que intuição de mãe é algo por muitas vezes “assustador” e confio muito nela!!!

  6. Joice Fiuza disse: em 17.05.2016

    O leite de vaca em muitos casos provoca alergias mesmo na Medicina chinesa eles sempre falam isso. No meu caso não precisei retirar o leite foi só mudar de escola que meu filho nunca mais teve nada.
    Ele usava muitos medicamentos e ainda por cima antibióticos c intervalos que não passava 2meses.

  7. Wilza Pereira disse: em 19.07.2016

    Nossa obrigada Gabi por compartilhar minha filha de 4 anos desde 1 ano a 2 meses é cuidada por uma alegorgista pediátrica é nenhum teste de alergia da positivo. Ela tem muita infecção respiratória crises é mais crises mesmo usando as drogas controladora de alergia como moro no interior é a única médica especialista em Alegorgista que temos. Mas vou procurar outra na capital.Ela passou todo o mês de Junho doente .

    1. Gabriela Gama respondeu: em 19.07.2016

      Wilza, até os dois anos de idade quase nenhum teste de alergia moderado dá positivo, para tanto a clínica é soberana. Exame negativo mas apresentas claras crises no dia a dia, trata-se como alérgica. O que eu acho é que se tem infecção respiratória, dois médicos novos devem ser adicionados à sua lista. Um pneumologista e um otorrino. Pneumo pq é o melhor para avaliar pulmões e respiração e otorrino porque em crianças, muita coisa é desencadeada pela adenóide, tecido esponjoso famoso pelas infecções recorrentes e que se aumentado deve ser retirado em cirurgia. Aqui meus filhos retiraram e foi um divisor de águas!
      Espero ter ajudado.

Deixe seu comentário