Os filhos crescem e os desafios mudam

Categorias: Depoimentos Mães

Os filhos crescem e os desafios mudam. Quando somos mães de primeira viagem, tudo é novo, o pós parto, a amamentação, o dia a dia com o bebê, o relacionamento entre homem e mulher que se transforma e ganha um novo sentido. Quando se tem o segundo filho, percebemos que embora algumas coisas fiquem mais fáceis, é um novo ser que está ali, completamente diferente do primeiro. Muitas vezes parece que voltamos no tempo com nossas dúvidas e medos.

Me lembro de toda a preparação para a chegada da Olivia, o cuidado com o Pedro. Os dias que se passavam e eu ali, contando para ele que logo ele teria uma irmã e ele teria uma companhia para brincar todos os dias. Meses depois, com a Olivia já nascida e eu cansada de toda a dificuldade que tive para que o Pedro aceitasse a irmã, descobri que ele tinha perda de audição e que precisaria ser operado. Já disse antes que a cirurgia foi um divisor de águas na vida dele e na nossa, mas reconstruir um canal de comunicação não foi simples e nem rápido.

2015 foi certamente o ano mais difícil e desafiador pelo qual já passei. Quem acompanha o blog deve ter percebido que grande parte das minhas postagens foram desabafos, choro e cansaço, não só físico como emocional.

O tempo passou, 2015 acabou (UFA) e a Olivia minha pequena mocinha cresceu, deu seus primeiros passinhos, aprendeu a pular no sofá, aprendeu a falar tchau, gato, pato, não, Pedro, mamãe, mamãããeeeeeeee, mãinnnnnnn, papai e aprendeu a brincar com o irmão. Eles correm, brincam, brigam e de um jeito só deles, se entendem.

Pedro que ainda sofre de ciúmes nível máximo, acha graça quando ela sai correndo atrás dele e dá risada. Ele adora dançar do lado dela ouvindo a Galinha Pintadinha. Ele come melhor quando ela está comendo. Ela come qualquer coisa se ele estiver comendo perto dela.

Lembro que o fim do dia era um martírio, choro para todo lado, briga, manha, fome, sono, ciúmes. Sempre que o relógio apontava o fim do dia, eu tinha crises de ansiedade. chorei muito, por muito tempo, mas passou. Passou esse tempo difícil, passou a hora tão temida no fim do dia, passou a disputa pelo colo.

Eles crescem, e crescem muito rápido. Os novos desafios da maternidade chegam, são diferentes, parecem mais leves e ao mesmo tempo mais desafiadores. Tudo muda o tempo todo, as vezes para melhor, as vezes nem tanto, mas o importante é que estamos sempre aprendendo, tentando mudar e melhorar.

Erraremos muito, aprenderemos muito também e o importante é querer fazer direito. É tentar acertar sempre, mesmo sabendo que não será possível.

Pedro ainda precisa de colo, carinho e aconchego, mas precisa de palavras, de conselhos, de limites e educação, Olivia precisa de atenção, colo, soneca e brincadeiras. Cada um à sua maneira.

Sim, os filhos crescem e os desafios mudam!

Pedro e Olivia

Deixe seu comentário