O tempo de uma criança

Categorias: Depoimentos Mães

O tempo de uma criança, não é o mesmo tempo de um adulto. Tudo muda o tempo todo, tudo é novo de novo e de novo. Um minuto pode passar rápido, mas também pode durar uma eternidade, basta você dizer a uma criança que ela precisa esperar você terminar determinada tarefa para que possa atendê-la.

O tempo de uma criança é a oportunidade que temos de pisar no freio, dormir mais cedo junto deles, caminhar pela rua apreciando as árvores, os carros que passam na rua, o vento que toca nosso rosto, os pássaros que cantam enquanto sobrevoam a cidade.

Já parou para observar um dia de uma criança?

É diferente do nosso, é um tempo sem pressa, sem estresse, é o período de maior aprendizado e de novas descobertas. Elas riem por qualquer coisa, brincam com uma simples tampa de pote de margarina, acham graça ao soltar bolhinhas de sabão, sorriem com ar de satisfação quando são acolhidas em nosso colo, e quando dormem, parecem carregar toda a paz do mundo dentro de si.

o tempo de uma criança

O tempo de uma criança precisa ser respeitado e compreendido. O tempo de uma criança precisa ser vivido intensamente, lembrado com doçura, sem relógio contando o tempo, sem regras para brincar, sem linha de chegada para uma simples corrida. O tempo de uma criança deveria durar para sempre.

Em que momento deixamos de respeitar este tempo? Em que momento a vida nos exigiu tanto a ponto de acelerarmos os passos dos nossos filhos. Em que momento precisamos fazê-las comer depressa porque tem horário porque tem a agenda cheia, porque estamos atrasadas, sempre atrasadas correndo atrás do ônibus, trem ou metrô.

Em que momento deixamos de apreciar a vida, curtir o vento no rosto, ligar com calma para um amigo apenas para jogar conversa fora, tiramos a tarde para tomar um café com nossos avós?

Em que momento deixamos a vida de gente grande engolir nossos dias e noites, sem férias, descanso ou uma noite inteira de sono?

Em que momento esquecemos de como era a vida enquanto éramos crianças?

O tempo de uma criança pode ser novamente vivido e curtido quando temos filhos, eles são a nova e talvez, última oportunidade que teremos depois de adultos de ver o tempo passar sem olhar no relógio, de sentir o cheiro da chuva, de andar devagar pelas ruas, de sentar no banco de uma praça.

O tempo de uma criança. Todos nós precisamos!

Deixe seu comentário