Como escovar os dentes do meu filho sem drama

Categorias: Cuidados/Saúde Filhos

Postei esta foto do Pedro escovando os dentes e perguntei como é a hora da escovação na casa das outras mamães. Quase todas me disseram que é uma parte difícil do dia, por isso decidi compartilhar como foi a nossa experiência.

Meu primeiro emprego formal foi num consultório odontológico, onde fiquei por pouco mais de 4 anos. Lá eu vi todo tipo de paciente, de crianças a idosos com todos os tipos de problemas. Foi só nesta época que percebi o valor da prevenção. quando eu era pequena só ia a dentista quem tinha algum tipo de queixa, geralmente voltávamos com  um belo remendo no dente. Hoje vivemos no mundo onde a informação está em quase todo lugar.

Desde que o Pedro era pitico, ouvia que era necessário passar gaze ou a dedeira para criar o hábito da escovação desde cedo. Lembro que quase todas as minhas amigas seguiam isso à risca, menos eu que vivia esquecendo e achava um tanto exagerado criar o costume desde tão cedo. Que minha dentista não me ouça, mas levei um tempão para apresentar a escova que ela deu de presente antes mesmo dele nascer.

Os primeiros dentinhos do Pedro apareceram com mais ou menos 8 meses e meio de idade e até este momento ela não sabia o que era escova de dente, mas depois das pontinhas brancas aparecerem na gengiva, eu não podia mais ignorar a escova como tinha feito até então. Comecei aos poucos mostrando a escova enquanto eu escova meus dentes. Comprei uma pasta de dente com sabor de frutas que lembra mais o gosto de banana do que outras frutas e comecei a escovar os dentinhos uma ou duas vezes ao dia. No começo ele estranhou e sentia cócegas, mas logo na sequencia passou para a fase da imitação. Enquanto eu escovava meus dentes, dava a escova dele para que ele pudesse ir “treinando”a escovação.

Poucos dias depois dele conhecer a escova, comecei a escovar os dentinhos dele enquanto cantava uma musica ou fazia caretas e depois deixava a escova com ele para que escovasse os dentes sozinho. Os meses passaram e ele se acostumou a deixar a gente escovar seus dentinhos. Pela manhã quando ele acorda junto com a gente todos escovamos os dentes juntos, depois do almoço a babá escova e deixa ele curtir um pouquinho a escova e de noite eu escovo depois da última mamadeira. Esta última escovação virou rotina, ele mesmo aponta pra escova depois de me entregar a mamadeira vazia, abre a boca e faz ahhhhhhhhhhh. Quando termino os dentinhos ele põe a língua pra fora e deixa eu escovar com toda calma do mundo.

Não sei se existe uma formula para fazer a criança gostar de escovar os dentes, mas de todas as “técnicas” que vi e ouvi das mães, quase nenhuma deu certo, pois a maioria da criançada não gosta de escovar os dentes. Aqui, acho que respeitar o nosso tempo e o do Pedro foi super importante para não criar trauma e um certo pavor da escova. Nem todos os dias ele está disposto a escovar os dentinhos com toda calma do mundo, mas conseguimos fazer uma boa higiene diariamente.

Leia sobre quando levar o filho ao dentista

Até o momento ouviu-se que pasta de dente para bebês e crianças que ainda não sabem cuspir não devem conter flúor, pois a ingestão contínua causa fluorose e danifica os dentes permanentes. Recentemente saiu um estudo indicando o uso da pasta com flúor 1x ao dia. Conversei com minha dentista sobre esta nova recomendação e ela me disse o seguinte: ” Eu não dou pasta com flúor pro meu filho (Lorenzo tem 3 aninhos) e só vou dar quando ele souber cuspir. Conheço casos de fluorose severa e só indicaria o flúor para criança pequena se a mesma apresentar cárie ou desmineralização do esmalte. Melhor tratar uma cárie num dente de leite e melhorar a escovação do que ter dentes permanentes manchados e sem solução.

Longe de mim julgar ou defender lado A ou B, mas seguindo o raciocínio dela, concordo com seus argumentos. Por hora o Pedro continuará com a pasta sem flúor, até que aprenda a cuspir.

Tem alguma dica valiosa? Conta pra gente!

1 comentário

  1. Avatar
    Raphaela Brasilino Lopes do Nascimento disse: em 29.07.2016

    A Manu tem 1 ano e 11 meses, adora escovar os dentes, só não gosta que eu escove, com minha mãe e o pai dela tudo tranquilo.

Deixe seu comentário