Consultando com um pediatra alergista

Categorias: Cuidados/Saúde Filhos Saúde
Há algum tempo comentei sobre as duas reações alérgicas que o Pedro apresentou antes de completar 1 ano de idade. A primeira reação foi à Amoxicilina aos 4 meses de idade quando teve brinquiolite seguida de otite. No penúltimo e último dia da medicação teve manchas no rosto e urticária. Desde então nunca mais administramos nada com penicilina. Eu e mais um monte de gente da família somos alérgicos a este antibiótico e preferimos não arriscar.
Meses depois o Pedro teve uma virose seguida de diarréia, demos o Padyalite por orientação da pediatra. entre o sabor mega artificial de laranja e tutti-frutti, escolhi o segundo. Assim que dei o remédio pra ele a reação alérgica no rosto e a urticária apareceram. Liguei pra pediatra e suspendemos o uso não só deste medicamento, mas tudo que havia corante vermelho. Cruzamos o uso da Amoxicilina rosa com o Pedyalite e achamos mais seguro evitar este tipo de substância.
Pouco tempo depois da última reação alérgica, conheci a BBDU uma empresa bem bacana de adesivos e etiquetas personalizadas que tem várias opções de etiquetas de alerta sobre alergias. Desde então identificamos todos os documentos com etiquetas alertando para a alergia a penicilina e corante vermelho.
A cada triagem no pronto socorro, mencionamos as alergias, mas nunca paramos para pensar que a Novalgina, medicamento super utilizado para febre e dor em crianças, tem sabor framboesa e é rosa. Teoricamente ele deveria  apresentar a mesma reação que os demais medicamentos. O que não aconteceu. Só me dei conta disso quando conversei com uma amiga há poucos dias sobre a ida para a escolinha e sobre as possíveis alergias do Pedro.
Há alguns dias fomos visitar a escolinha onde o Pedro vai estudar e na hora da matricula, uma ficha enorme sobre a saúde precisava ser preenchida, de histórico de internação à alergias alimentares. Pedi para a diretora aguardar um pouco mais que eu gostaria de conversar com a pediatra sobre as alergias.
Na consulta de semana passada, dividi minha preocupação com ela sobre a possível alergia ao corante. A penicilina não me preocupa muito porque as pessoas tem um super respeito quando o assunto é medicamento, mas vejo muita gente desinformada e descrente dos sérios problemas provenientes de uma alergia alimentar. Foi quando ela me indicou um pediatra alergista e sugeriu alguns exames.
Hoje foi o dia da consulta, logo cedo estávamos lá para ser atendidos pelo tal especialista. Senti um certo alívio assim que reconheci o médico. Ele já havia atendido o Pedro no pronto socorro e também lembrava da gente. A consulta durou pouco mais de 1 hora, perguntas, dúvidas, relatos e muita paciência com a bagunça do Pedro que quase colocou o consultório abaixo.
Conversamos bastante sobre os tipos de exames e a inúmeras possibilidades de alergias. Para nossa alegria, ele restringiu a pesquisa para alguns itens específicos e importantes de acordo com nosso histórico. Amanhã faremos o exame que será através da coleta de sangue, fico com dó só de pensar que ele vai chorar horrores, mas me sinto mais tranquila investigando do que evitando. Atualmente o Pedro não tem acesso a alimentos com corante, mas na escolinha com certeza ganhará uma colherada de danoninho ou um biscoito de morango, e para ficarmos tranquilos pesquisaremos o vermelho e o amarelo, além da penicilina e outras alergias mais básicas como ácaros, fungos e pelos.
Espero do fundo do coração que as reações apresentadas no passado tenham sido passageiras e que ele não tenha restrição alimentar. Caso meu desejo não seja atendido, volto e conto pra vocês como será a nossa rotina depois dos resultados dos exames.

14 comentários

  1. Gabriela disse: em 04.04.2016

    Bom dia Gabriela,
    Como foi o desenrolar das alergias do Pedro?
    Minha pequena está toda empipocada. Acharam que era catapora, mas agora o diagnóstico é alergia. Estou com muito dó pois está coçando muito. Pensei em levar em um alergista. Assim cheguei ao seu post. Você pode me contar mais da sua experiência?
    Obrigada!
    Abs

    1. Gabriela Gama respondeu: em 04.04.2016

      Xará, rsrsrs
      não foi, ele não tem alergias, foi alguma reação cruzada na época. Seria legal vc consultar um alergista e imunologista, assim investiga melhor. Para pele procuro dar banho morno com um pouco de Maizena na agua, ajuda na coceira e a pele tende a ficar melhor!

      boa sorte 🙂

  2. Mayane Bandeira disse: em 05.05.2016

    Olá me chamo Mayane e tenho uma princesa de 2 anos e 6 meses, ela tem tosse alegica e quando ela ta em crise ficou doida sem saber o que fazer preciso muito de uma ajuda de vcs!

    1. Gabriela Gama respondeu: em 06.05.2016

      Mayane, você precisa procurar um especialista que pode ser um otorrino, um alergista ou um pneumologista.

  3. Sandra disse: em 17.05.2016

    Olá Gabriela, tudo bem?
    Meu filho tem 3 anos e tem as mesmas intolerâncias que seu filho teve. Qual é o médico que você levou seu filho? E em qual cidade?
    Obrigada

    1. Gabriela Gama respondeu: em 17.05.2016

      Estamos em SP o Médico é o Dr Fausto Matsumoto

      1. Sandra respondeu: em 18.05.2016

        Obrigada Gabriela!!
        Gostei do seu blog! Parabéns!

  4. Danielle disse: em 26.05.2016

    Olá, tenho um primo de 1 ano de três meses e ele tem alergia, e hoje surgiram umas machinhas nas bochechas do rostinho dele, existe algo caseiro para se fazer?

  5. Greice disse: em 23.11.2016

    Olá! Gostaria de levar meu filho em consulta com você. Semana passada ele estava internado no São Luiz e vc comentou que ele tem sinais de APLV. Não consigo seu telefone. Poderia me retornar? 61 981336878. Obrigada

    1. Gabriela Gama respondeu: em 24.11.2016

      Greice, boa noite. Eu não sou médica, sou apenas mãe. Você está em SP? Posso indicar o alergista dos meus filhos.

  6. Renata disse: em 15.01.2017

    Estou ficando desesperada. Comecei com coceiras por todo corpo no dia 06 de novembro 2016. N passa com nada. Já fui em 3 alergologista que nem imaginam o q possa ser. Não suporto mais tomo remédio s diariamente. Me ajudem com a indicação de algum médico em SP por favor. Tenho 44 anos. Obg

  7. Andrea disse: em 17.04.2017

    Vc poderia indicar seu alergista?
    Atende convênio?
    Obrigada

    1. Gabriela Gama respondeu: em 19.04.2017

      http://www.faustomatsumoto.com.br ele não atende convênio, mas vale a pena cada centavo.

Deixe seu comentário