Cama compartilhada não deu certo aqui

Categorias: Depoimentos Mães
Este é um assunto um tanto polêmico entra mães. Já relatei minha experiência de não compartilhar a cama e sobre o quanto é gostoso ter um bebê dormindo agarradinho com a gente naquele frio típico do inverno. Pedro desde sempre dormiu no seu berço, em algumas poucas ocasiões ele veio pra minha cama e eu que preciso de muito aconchego, fiquei sem dormir nos dias em que ele ocupava aquele “meinho”que fica vazio quando o bebê não está.
Eu preciso dormir bem, muitas noites mal dormidas me tiram do eixo, não penso, não raciocino e não tenho paciência com nada. Trazer o Pedro pra cama e ficar sem dormir só pra tê-lo por perto nunca foi minha opção. Nas noites em que ele esteve doente eu e meu marido revezamos entre a nossa cama e a cama da babá.
Pedro desde sempre se mexeu muito dormindo, cada hora está de um jeito, chuta, vira, fala, senta, deita denovo e assim vai. O que torna impossível uma noite de sono sem acordar estando deitada com ele. Pra dizer a verdade, acho que ele, assim como eu, não curte um espaço reduzido para dormir.
Faz algum tempo que ele vem acordando de noite, sonha e chora, perde a chupeta e chora, perde o sono e chora. Quando o deita e levanta passa de 4 ou 5 vezes, não resisto e carrego ele pra minha cama. Ele vira daqui, vira dali, chuta tudo que estiver perto, no caso eu e o papai e tenta se acomodar. Papai vira pro lado e dorme, eu tento dormir mesmo quase caindo da cama e o Pedro tenta conseguir o mesmo espaço que tem no berço. Eu tento de tudo e no fim me dou por vencida, levo ele de volta pro berço e ele imediatamente dorme tranquilo. Eu volto acabada pra cama e tenho dormir o resto que me sobrou da noite o da manhã. Costumo acordar exausta e de mal humor, o que torna meu dia bem mais difícil.
Depois de ir e vir com o Pedro do berço, percebi que ele adora o cantinho dele, não só para brincar, mas para descansar também. Quando ele está muito cansado, aponta pro berço e pede pra deitar, eu coloco ele lá, apago a luz e ligo o móbile musical. Em poucos minutos ele adormece e acorda de manhã sempre depois das 9h. Assim como eu e o papai, ele adora acordar tarde, e nós adoramos poder ficar mais tempo na cama por conta disso.

Deixe seu comentário