Minhas férias com o Pedro…

Categorias: Depoimentos Mães
minhas férias com o pedro
Pedro aprendendo a escovar
seus dentinhos!

Sempre que me perguntam se tenho vontade de parar de trabalhar ou se tenho ciúme da babá, por ela passar bastante com meu filho, respondo naturalmente que não. Voltei a trabalhar depois de 6 meses em casa e por mais que a saudade apertasse, eu estava precisando muito voltar a ter um tempo só pra mim, nem que fosse trabalhando. Até alguns dias atrás, eu não havia reparado no rápido desenvolvimento do Pedro, talvez por trabalhar muito, ter pouco tempo pra ele e chegar todo dia muito cansada em casa. Me culpo bastante pensando que poderia me esforçar e me dedicar mais, assim como me adaptar às suas novas necessidades. Mas o fato curioso é que nestes últimos dias pude acompanhar tantas coisas, presenciei tantas novidades, descobertas e conquistas que só de lembra-las me emociono.

Nos últimos 20 dias o Pedro:

• viajou de carro pela primeira vez
• tomou muitos banhos de mar
• aprendeu a dar tchau
• experimentou novos sabores
• brincou até cansar
• aprendeu a ficar em pé sozinho
• preferiu comer a nossa comida do que a dele
• descobriu como encaixar um copinho dentro do outro
• aprendeu novas palavras
• conheceu a Peppa e os Backardigans na TV
• aprendeu a soprar
• ganhou mais dois dentinhos
• aprendeu a fazer força quando fica bravo
• aprendeu a bater palminha toda vez que ouve parabéns
• pede comida quando nos vê comendo
• reconhece a escova de dentes e esfrega nos dentinhos

A lista nem é tão grande e não há nada de tão espetacular para algumas pessoas, mas pensando nela me senti privilegiada por poder estar presente e acompanhar todas estas novas conquistas do meu filho. Uma amiga sempre me diz que ser mãe e sentir culpa por tudo e eu de fato me sinto culpada, por muitas vezes não ter percebido seus avanços e seu rápido desenvolvimento. Mas também sinto que minha ausência em determinados momentos como na hora do trabalho por exemplo, é sempre suprida de maneira carinhosa, pelo pai, pela avó ou pela babá, e isso também é muito importante, pra mim e pra ele. Ter uma atenção dividida, conviver bem com outras pessoas que cuidam e lhe dão carinho, me possibilita cuidar um pouco de mim, afinal quem não precisa de um tempinho para si?

Como mãe, espero estar presente sempre que meu filho precisar, e também ter a sabedoria para dar-lhe espaço quando necessário. Ser mãe é um aprendizado diário e infinito.

Deixe seu comentário