Cuidado pela vovó

Categorias: Depoimentos Mães
Da série na casa do vovô, cá estou eu novamente
apreciando escrever sobre esses dias tão gostosos e tranquilos por aqui. Vale
dizer que antes de casar e ser mãe, eu achava o lugar um tanto entediante, mas hoje
em dia tudo o que quero é descansar aqui.
Há duas semanas que não sei o que é babá eletrônica,
que não acordo de madrugada pra ninar o Pedro, que acordo tarde todas as
manhãs, que consigo almoçar enquanto a comida ainda está quentinha e às vezes
tirar uma soneca de tarde. Parece até que deixei de ser mãe, mas na verdade
isso tem outro nome, chama-se avó.
Eu sempre gostei de passar férias na casa dos meus
avós, lembro de diversas ocasiões divertidas e engraçadas, e agora cá estamos,
de férias na casa da vovó e do biso.
Minha mãe tem verdadeira loucura por criança, se for
bebê então, é com ela mesmo, cuida, brinca, canta, dá banho e mais um monte de
coisas que só as avós tem paciência para fazer. Claro que com o primeiro neto
isso tudo é feito em altas doses.
Desde que estamos aqui, é um tal de cuida daqui,
passeia dali, dá comidinha, dá banho, põe pra dormir, que o Pedro mal quer vir
pro meu colo, ele prefere mesmo é o colo do pai e de quem estiver super
disposto a fazer bagunça. Como eu sou mais preguiçosa para brincadeiras e bagunça,
sou sempre a ultima opção. Me torno a primeira da lista quando ele fica com
sono, mas mesmo assim a vovó assume o posto de coloca-lo pra dormir, afinal ela
é muito mais eficiente. Com a vovó tudo fica melhor, parece até outra criança.
Enquanto a formula da vovó vai dando certo, eu vou seguindo aqui descansando a
cada dia, tentando recarregar as baterias para seguir 2014 com muita
disposição.
Nós sempre vamos a um restaurante em São Paulo, que o
dono é um senhor pra lá de simpático e querido. Ele sempre diz que na próxima
encarnação não quer ser pai, só quer ser avô.
Felizes são as crianças que tem o privilégio de ter
avós!

Deixe seu comentário