Crise dos 8 meses – Ansiedade ou angústia da separação

Categorias: Desenvolvimento Filhos

crise 8 mesesPedro já esta com quase 9 meses e por isso achei que escaparíamos desta tão temida crise. Não bastassem 4 dentes a caminho, a bendita crise chegou e foi reconhecida rapidamente!Encontrei este artigo publicado no site da Brasil Baby Center que relata exatamente o que é esta crise.

“Oito meses: separação ou angústia”
Essa crise acontece sempre no oitavo mês?

Não exatamente. Essa é a crise do terceiro trimestre. “Embora seja incomum, algumas crianças começam a dar sinais da crise com 6 ou 7 meses. Outras mostram sintomas de angústia com 9 meses. Mas na maioria dos casos isso acontece mesmo no oitavo mês”, explica o pediatra Leonardo Posternak, de São Paulo.

Por que os pediatras dizem que essa é a crise mais significativa de todas?

 

“Porque essa é a que dura mais tempo e o transtorno do sono é muito acentuado: a criança pode chegar a acordar 15 vezes durante a noite, desperta muito assustada, com um choro intenso. Alguns pais ficam tão assustados que pensam que a criança caiu do berço porque é um choro diferente, desesperado”, esclarece o pediatra Leonardo Posternak, de São Paulo. 

Leia sobre a crise da angústia e separação de 1 ano e 2 meses

Quanto tempo dura a crise da angústia?
Demora um pouco mais que as outras: três ou quatro semanas.”* Leia mais…
 
Como ficaram as coisas aqui em casa:
• A rotina diária ficou muito mais cansativa, já não sobra mais tempo pra nada.
• A falta de apetite reina por aqui há vários dias.
• Falta braço pra tanto colo solicitado.
• O sono de 8 horas seguidas virou um picadinho de choros e gritos desesperados.
• Não se pode mais ir para outro cômodo da casa sem levar o filhote.
• Brincar no berço sozinho se tornou raridade.
• Deixar a babá fazer as tarefas da casa, virou uma missão impossível.
• A luta contra o sono é maior do que qualquer luta no filme dos super heróis.
• Só o colo da mamãe não basta, precisa do colo do papai e quem mais tiver disposição de passear pela casa cantarolando.
• Dias difíceis por aqui, mas com colo, amor e carinho tudo isso vai passar!

2 comentários

  1. outubro 10, 2016 - 8 meses

Deixe seu comentário