Andadores e seus perigos

Categorias: Filhos Segurança

andadorNas últimas semanas tenho olhado atentamente as fotos e relatos de conquistas dos bebes que tem praticamente a mesma idade do Pedro. Dizem que não devemos comparar o desenvolvimento dos bebes (como se isso fosse possível).

Nestes últimos dias especificamente, tenho visto muitas mamães ou procurando, ou usando andadores, um item que sempre achei bacana, mas assim que fui ler sobre o assunto, descobri que a coisa é séria! Mesmo antes de conversar com a pediatra já havia entendido que este item super fofo e colorido não era recomendado para os bebes, e em alguns países a venda é proibida (assunto ainda em discussão aqui no Brasil).

Pesquisando opiniões e estudos sobre o assunto, achei um texto resumido e interessante no sita da Brasil Baby Center:

Tem problema o bebê usar andador?

Colocar um bebê num andador é como dar uma Ferrari a um adolescente: o risco de acidente é enorme. Tanto que, em abril de 2007, o Canadá proibiu esse tipo de equipamento.

Dados britânicos também mostram que o andador é o equipamento infantil que mais provoca acidentes e lesões, em especial devido à velocidade que os bebês podem atingir.

A maioria dos acidentes acontece quando o bebê tromba em alguma coisa, encontra um degrau ou um obstáculo e o andador vira. Um simples sapato ou brinquedo no meio do chão já pode causar esse tipo de acidente. Em geral, a primeira parte do corpo do bebê a ser atingida em um acidente com andador é a cabeça, podendo haver traumatismos cranianos de diversas proporções — desde leves, sem consequências, até bem mais graves e, em casos extremos, fatais.

Outro perigo é a falsa sensação de segurança que o andador transmite a quem está tomando conta da criança. Como ela está presa no andador, as pessoas tendem a deixá-la por mais tempo sozinha, quando na verdade deveria acontecer justamente o contrário. O bebê provavelmente fica mais seguro se está no chão, desde que o ambiente tenha sido preparado para ele.

Além disso, os andadores não contribuem nada para a criança aprender a andar. Na verdade, podem até atrasar um pouco o processo. Para atingir os marcos do desenvolvimento, o bebê precisa passar pelas fases de rolar, sentar, engatinhar (é verdade que alguns pulam essa fase) e brincar no chão.

Segundo o pediatra Paulo Sérgio de Barros Ferreira, “os estímulos proporcionados pelo andador são inadequados quando comparados com aqueles mais instintivos dados pelos pais que acompanham a criança nos seus primeiros passos”.

“Algumas crianças que utilizam andador por muito tempo tornam-se mais inseguras no momento em que precisam andar sem qualquer apoio, demorando mais tempo ainda para poder andar sozinhas”, diz o médico.

Alguns outros textos interessantes sobre o assunto podem ser encontrados nos links abaixo.

http://guiadobebe.uol.com.br/os-andadores-podem-ser-perigosos/

http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI98156-16891,00.html

http://www.conversandocomopediatra.com.br/paginas/materias_gerais/andador.aspx

http://www.slingando.com/index.php/Paternidade/279-o-andador-perigo-para-nossos-bebes.html

http://www.pediatriaemfoco.com.br/posts.php?cod=243&cat=8

 

Espero que estes textos sejam esclarecedores e que sua escolha seja baseada na segurança do seu filho.

1 comentário

  1. Avatar
    michele gaspar disse: em 09.07.2013

    Pois é nós mamães de primeira viagem ficamos perdidas com tantas opiniões , pelas vovós é claro que devemos usar andador pois nós os filhos usamos e nada nos aconteceu, fiquei muito afim de comprar um andador para a Júlia (acredito que principalmente pelo fatos de algumas pessoas dizerem : nossa com 8 meses meu bebê já andava ou coisas do tipo ), recebi alerta de algumas mamães inclusive da Gabi e desisti do tal andador até porque a Júlia na minha opinião esta se desenvolvendo super bem e realmente cada bebe é um bebe rsrsrs porém como ela gosta de ficar em pezinho resolvi comprar um fly baby mas ainda não usei pqe quero saber a opinião das pessoas sobre ele …

Deixe seu comentário